8 varejistas dão dicas para construir a lealdade do cliente

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Construir a lealdade do cliente é o ganha pão de cada dia de qualquer negócio, quer você possua uma cafeteria local ou uma cadeia de supermercados. Mas o que é lealdade à marca e o que ela pode fazer por você? Um relatório da consultoria de marketing Rare descobriu que os consumidores dizem que a lealdade é impulsionada principalmente pela amabilidade (86%) e confiança (83%). Clientes que são leais à sua marca tendem a gastar mais, indicar, ficar ao seu lado quando você precisar deles e voltar muitas vezes.

Você trabalha incansavelmente para encontrar a melhor fórmula para garantir o retorno de clientes, por que não dedicar um momento e obter conselhos de alguns dos melhores no negócio varejista? Abaixo estão as palavras de consultores de varejo, palestrantes, escritores e profissionais.

 

 1. Seja transparente.

“Atualmente no cenário de varejo com o cliente como gerente de marca, varejistas e marcas podem criar lealdade com transparência (produto e preço) e sendo autênticos. A transparência se estende além do ciclo de vida do produto, assim como as empresas operam em termos de responsabilidade social e sendo grandes cidadãos corporativos.

O preço deve ser claro e consistente em todos os canais com políticas transparentes de preços. Uma grande empresa exemplo é Bass Pro Shops. Poucas empresas vão além do básico de transparência de preços e incluem informações de custo visíveis que mostram como preço de varejo é determinado.

O branding autêntico é crítico não apenas para o cliente de hoje, mas se tornará ainda mais importante com o geração Z. Ser autêntico em termos de branding, comunicações, layout de loja, políticas e a conversa de duas mãos com os compradores. ”

Shelley E. Kohan, vice-presidente na Retail Consulting RetailNext, e professor no Fashion Institute of Technology.

 

2. Concentre-se em seus melhores clientes.

“Entenda o seu consumidor-alvo, quem eles são, o que é importante para eles, e como eles querem receber sua comunicação – para que você possa escolher o canal certo ou a mídia (rede social, TV, impressão, rádio) para alcançá-los.

Para fazer isso você precisa ouvir o que seus clientes estão dizendo e entender o que faz com que eles funcionem. Compreender suas necessidades e ouvir atentamente seus gostos, desgostos e as coisas que os frustram.

Saiba quais são suas forças motrizes e o que sua marca pode fazer para ajudar a satisfazer suas necessidades. ”

Farla Efros, Presidente, HRC Advisory.

 

3. Dê uma olhada no espelho.

“Os consumidores podem facilmente se distrair em permanecer fiel a uma marca hoje em dia, uma vez que a concorrência é difícil e constantemente  presente. Para ajudar a construir a lealdade do cliente, considere por que um cliente gostaria de ser fiel à sua marca em primeiro lugar.

É porque você oferece uma experiência magnífica para o cliente que eles não podem obter em qualquer outro lugar? É porque a sua variedade de produtos é diferente de qualquer outro e que eles não podem recusar? Ou é uma combinação de experiências, produtos e atendimento ao cliente que levam seus consumidores de novo e de novo?

Determinar por que seus clientes devem ser leais, em seguida, identificar os fatores que podem influenciá-los para fazer compras com outras marcas ou empresas. Dar uma análise verdadeiro no que você vê no espelho em seu negócio pode ajudá-lo a construir a lealdade do cliente enfrentando suas fraquezas, compreensão de seus pontos fortes e visando melhorar em seu relacionamento com os clientes durante todo o ano.

Nicole Leinbach Reyhle, fundadora e editora da Retailed Minded.

 

4. R-E-S-P-E-I-T-O

“Para construir a fidelidade à marca, tenha respeito pelo tempo e dinheiro do consumidor. Faça com que se sintam valorizados, tornando a experiência de compra inteira conveniente, para não mencionar rentável. Se o consumidor se sente valorizado por uma marca, é mais provável que voltem. Eu vi tantas empresas usarem a mentalidade “se tivermos, eles virão”, mas à medida que a concorrência de varejo aumenta e as lojas têm as mesmas marcas, os varejistas precisarão se diferenciar oferecendo algo melhor do que a concorrência “.

Craig Patterson, Editor-chefe, Retailer Insider.

 

5. Faça uma conexão emocional.

“Refinar consistentemente e evoluir o seu emocional afetivo, o ponto de diferença é essencial para a construção de fidelidade à marca. A lealdade não é construída sobre a conveniência e preço, é construído sobre uma única razão importante em relação à seu núcleo de clientes.

Brian Walker, CEO da Retail Doctor Group.

 

6. Esteja no lugar certo na hora certa.

Os varejistas que querem oferecer os melhores programas omni-channel de fidelidade à marca precisam oferecer aos clientes mensagens personalizadas um a um, onde saibam quem são os clientes e onde estão em sua jornada de compra através de celular, na loja Varejo, atacado, loja de fábrica), e social (Instagram, Facebook, Twitter, SnapChat, etc..) pontos de contato.

As marcas precisam estar preparadas para falar com os clientes onde e quando o cliente quiser. Organizações varejistas precisam passar da experiência de programas de fidelidade unidimensionais de gastar dinheiro para obter pontos e criar experiências emocionais para os consumidores que oferecem valor para construir a lealdade do cliente.

Michael W. Brodesky, Consultor de Varejo.

 

7. Resolva um problema.

“As experiências que nós, como Neiman Marcus, entregamos através da tecnologia precisam resolver um problema real para nossos clientes. É fácil continuar a criar e construir em tecnologia apenas porque é novo e interessante, mas para construir a lealdade do cliente, queremos que ele sinta que estamos resolvendo problemas para tornar a sua experiência de compra sem barreiras. A verdadeira inovação proporciona uma melhor compreensão para que o cliente continue voltando mais! ”

Scott Emmons, Chefe do Laboratório de Inovação, Neiman Marcus.

 

8. Entre em um relacionamento sério.

“Os consumidores fazem escolhas de compra baseadas principalmente em suas respostas emocionais aos produtos. Assim, se você quiser construir a lealdade da marca com seus clientes, é fundamental que você promova conexões emocionais positivas com eles desde o início. Mas como você pode se conectar emocionalmente com eles? Primeiro, certifique-se de saber quem é seu público-alvo. Em segundo lugar, determine o que sua empresa representa e como isso pode ser traduzido em conexões emocionais. Terceiro, quando se comunicar com eles, crie histórias que evoquem seus valores fundamentais, as crenças na personalidade de sua marca.

Emoção é um instinto humano básico e uma boa ferramenta para você usar para criar fidelidade à marca. É quase como um relacionamento comprometido entre você e seus clientes; contando que você entregue uma experiência positiva para eles, a fidelidade à marca deve permanecer .”

Melissa Campanelli, editora-chefe, Total Retail.

 

O que você está disposto a fazer para construir a lealdade do cliente de seu supermercado?

Nós, da Himarket, estamos constantemente lendo e entendendo como os negócios podem interagir com seus consumidores, a fim de gerar uma reciprocidade entre marca e cliente, cada vez mais exigida nos tempos atuais. Usando nosso aplicativo, você terá a capacidade de saber quem são seus clientes e o que eles desejam, enquanto fornece um novo tipo de valor para eles que não encontram em qualquer mercado. Somos uma plataforma de comunicação personalizada para integrar os clientes à sua marca.

Estamos à disposição para esclarecer as suas dúvidas e explicar melhor tudo o que podemos fazer pela sua empresa. Diga oi para a inovação. Nós somos a Himarket.

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Um comentário em “8 varejistas dão dicas para construir a lealdade do cliente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SE DESEJAR, DEIXE UMA RESPOSTA PELO FACEBOOK