10 ideias de visual merchandising para a sua loja

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Se você tem um espaço físico, você deve estudar mais sobre visual merchandising para a sua loja para vender seus produtos. Muito mais do que dizer o que você tem à mostra ou tentar colocar em evidência produtos que você quer vender, a estratégia de visual merchandising também ajuda seus clientes a entenderem seus produtos, imaginar possíveis usos, combinações, além de serem parte integrante da experiência do consumidor na loja.
Veja neste post 10 insights sobre o que fazer para promover usando visual merchandising para a sua loja.

 

1. Mude suas exposições periodicamente.

Feriados e estações só duram por um tempo, e os itens promocionais possuem um tempo curto de prateleira. Promova as novidades primeiro.

Se você tem mercadorias destinadas a irem juntas, mantenha-as juntas. Você não vai querer distanciá-las. Não menos importante, os poucos itens que poderiam ser deixados de lado podem ser agrupados com as novidades para dar um novo visual.

Se você pediu itens que podem ser agrupados de diferentes, espere que todos cheguem. Não coloque um item só porque ele chegou antes e perder a venda casada.

 

2. Trabalhe em cima dos desejos.

Não escolha destacar os produtos que o cliente já sabe que precisa, o que eles estão procurando. Um cliente responde melhores às coisas que eles possuem desejo.

Por exemplo, não exiba um item barato quando a versão elegante e premium é o que todos desejam. Só porque eles precisam de algo, não significa que eles só querem a versão mais barata. Às vezes, a gente se dá um presentinho – ainda mais se ele estiver bem exposto e em evidência.

 

3. Pense no conjunto.

Todo um produto funciona sozinho, mas leva um pouco de consideração em como arranjá-los por grupo. A Amazon sabe bem disso e aplica muito bem – em vez de mostrar produtos realmente similares nas sugestões, ela oferece produtos que você poderia comprar em conjunto com aquele que está vendo. Percebe a diferença? Você não vai optar por um ou por outro.

Organize por uso – todos os itens relacionados à fabricação de cerveja e chá, por exemplo. Ou exibir por cor – as combinações de cores mais fortes para atrair atenção no varejo são vermelhas, brancas e pretas. Experimente cores relacionadas ou contrastantes. Nossos olhos rapidamente conseguem se acostumar com padrões e ignorar o que estão vendo, então nunca faça uma exibição monocromática.

 

4. Comece mais perto da porta.

Comece com a área de exibição mais próxima da porta da frente e coloque os itens mais novos e mais caros no centro das atenções. Certifique-se de ter vários níveis de altura e produtos suficientes para que o cliente possa pegar e tocar sem ter que desmontar totalmente a sua exibição.

 

5. Chamando a atenção com a vitrine.

Quando pensar em visual merchandising para a sua loja, provavelmente você pensará em vitrines. Sim, é uma grande aplicação, mas queremos te dar uma perspectiva diferente de como executar isso. Encontre um item totalmente diferente e coloque-o em sua vitrine. Ele serve como um chamariz. Seu único objetivo é chamar a atenção do seu cliente. Adicione um brinquedo para completar sua exibição. Não é necessário adicionar um item de suporte a cada exibição, mas a ideia deve estar sempre lá.

A exibição na imagem mostra as garrafas verdes como o item na janela. Eles fazem o cliente se perguntar: “Por que isso?”, mas sem refletir muito no assunto, afinal, é decoração. Mas pelo menos você fez eles pararem ali e focar sua atenção na vitrine.

 

6. Hora do show.

Ilumine sua exibição como se fosse importante. Ajuste a iluminação secundária. Se você tiver uma exibição particularmente escura sem maneira de destacar de cima, considere movê-la para uma fonte de luz existente. Lembre-se, a luz torna a mercadoria mais evidente e destacada. Trabalhe bem nisso.

 

7. Faça acompanhamento.

Monitorize semanalmente os níveis de inventário do seu computador. Se algo realmente decolar, esteja preparado para fazer o pedido novamente. Se você vendeu por meio de seu inventário e você não possui estoque, mude seu plano de merchandising visual para algo que você possui. Se algo não for vendido, tente mover a mesma exibição para outro local antes de desistir.

O Himarket tem uma capacidade especial de acompanhar as ordens de compra dos seus consumidores diretamente pelo CPF.  Assim, você pode ter um controle do que os seus consumidores querem e consomem.

 

8. Trabalhe com as palavra.

Adicione alguns sinais bem colocados e bem escritos. Certifique-se de que eles são curtos e fáceis de ler. Se seus clientes podem ter dificuldade de leitura, facilite-os usando fontes maiores. Sinais manuscritos com marcadores fazem sentido se forem para a loja de esquina, mas em qualquer outro lugar eles tendem a parecer amadores.

Nunca coloque um sinal que diga NÃO TOQUE. Você também pode colocar um sinal “NÃO COMPRE”. Pelo contrário, você deve incentivar que as pessoas manipulem seus artigos e disposições. Um estudo feito mostra que as pessoas, ao usarem uma peça de jóia em seu pescoço, tem uma tendência bem maior em comprarem, pois eles “acham” que aquilo já é deles e a dor de abandonarem é muito grande.

 

9. Mova os seus itens pela loja.

Mova os itens existentes pela loja quando novidades aparecerem. Uma vez que os produtos novos ainda serão vendidos, mude suas vitrines duas semanas após sua chegada. Mova um da frente para o meio da loja e o outro do meio para trás. Similar ao que dissemos no ponto 1, um item pode parecer novo só por estar numa posição diferente.

 

10. Tagueie seus itens.

Tenha certeza de que todos os seus produtos tenham preço. Ninguém gosta de perguntar quanto algo custa.

 

Resumo sobre como o visual merchandising pode ajudar sua loja.

Essas não são, de modo algum, todas as formas pelas quais você pode vender seus produtos, muito menos um resumo do que o visual merchandising pode fazer pela sua loja. É importante você estar monitorando e possuir ferramentas adequadas que possam acompanhar o hábito de seus consumidores.

O que você está fazendo hoje para ter acesso a essas informações?

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SE DESEJAR, DEIXE UMA RESPOSTA PELO FACEBOOK