10 dicas para quando você for criar seu aplicativo de varejo

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Os celulares continuam a desempenhar um papel cada vez mais importante na forma como os clientes preferem se envolver com marcas online. Hoje, o número de usuários móveis excede globalmente o número de usuários de desktop, e os aplicativos são muito mais populares do que os sites móveis, de acordo com dados recentes. Veja aqui 10 estratégias para quando você for criar seu aplicativo de varejo.

Ainda melhor, os compradores estão cada vez mais usando um aplicativo de compras para suas necessidades de varejo, mas isso vem com uma ressalva: ou seja, alguns varejistas têm tido dificuldades para que os compradores realmente baixem seu aplicativo para seus celulares. Contudo, o mercado brasileiro de varejo tem investido em aplicativos.

Esses fatos não precisam causar tristeza ou desânimo geral; só que é bom observar que os consumidores estão praticamente implorando por melhores experiências de aplicativos para dispositivos móveis.

Aqui estão 10 dicas para ajudá-lo a explorar o melhor quando você for criar um aplicativo de varejo bem sucedido que seus compradores vão adorar, aumentando assim a probabilidade de vendas repetidas para sua marca.

 

1) Crie uma estratégia para o seu aplicativo de varejo que seja eficaz e abrangente.

Para ter sucesso em dispositivos móveis, os varejistas devem torná-los uma prioridade. Há muitos aplicativos mal concebidos, e é por isso que muitos clientes estão desesperados por uma melhor experiência móvel em primeiro lugar. Planejar para colocar primeiro o celular com uma estratégia detalhada e coesa para suas iniciativas e esforços móveis.

 

2) Escolha os recursos certos para o seu app.

Uma parte essencial para entregar uma excelente experiência de compra na hora de criar seu aplicativo de varejo é selecionar os recursos certos para incluir no próprio app. As notificações push são apenas um exemplo de recursos populares da aplicação, já que os consumidores desfrutam de ofertas de produtos direcionados e relevantes das marcas que amam.

Da mesma forma, os recursos populares incluem a capacidade de ampliar os produtos, visualizar imagens alternativas e cortar uma etapa (ou duas etapas) do processo de compra. Simplificando, esses recursos ajudam os clientes a encontrar os produtos que eles procuram de forma eficiente e amigável ao tempo, assim aumentando a fidelização

 

Lembrando que mais, neste caso, nem sempre é melhor. Encher o seu aplicativo de mil-e-uma utilidades pode só confundir e atrapalhar uma boa experiência do seu usuário (uma área de estudos conhecida como User Experience). Foque no que ele precisa e vai utilizar.

 

3) Aplicativos nativos oferecem desempenho e funcionalidade superior.

Apps nativos são aqueles aplicativos individuais que você precisa instalar, como Google Chrome, Whatsapp, Uber, entre outros. Em comparação a utilizar uma aplicação dentro do seu navegador, por exemplo, acessar o Facebook dentro do Chrome no celular, saiba que o desenvolvimento de aplicativos nativos produz os melhores resultados quando falamos do tema da velocidade e da conveniência.

 

Um aplicativo nativo de qualidade oferece desempenho, velocidade e funcionalidade superiores quando comparados a aplicativos baseados na web. Os dados mostram que, devido ao ambiente nativo e ao controle adicional do caminho de compra de um cliente, os varejistas vêem maiores taxas de conversão em seu aplicativo nativo em comparação com sites móveis e de desktop.

 

4) Conheça o seu público.

Uma máxima geral de sucesso em qualquer negócio é que as marcas devem conhecer seus clientes. Não desperdice dinheiro no desenvolvimento de aplicativos e recursos móveis que não serão apreciados pelos seus clientes. Em vez disso, alcance os clientes através de mídias sociais e plataformas similares para realmente ouvir o que seus clientes desejam. Isso fará para um aplicativo melhor, o que significa melhores resultados para sua marca. Mesmo que criar seu aplicativo de varejo seja uma de nossas soluções, não faça só porque todos estão fazendo – reflita primeiro se você está preparado para executar esssa estratégia. Dessa forma,  você consegue aumentar a lealdade do seu cliente.

 

5) Faça uso da tecnologia mais recente.

O mundo do celular muda rapidamente, então assegure-se de que seu app não dependerá de tecnologia desatualizada. Se o seu aplicativo estiver “desatualizado”, isso se traduz em oferecer uma experiência de compra móvel mais desfavorável que os concorrentes. Certifique-se de contatar os peritos no campo que irão informá-lo sobre os últimos desenvolvimentos necessários para tornar um aplicativo de varejo bem sucedido.

 

6) Menos pode ser mais.

Como já falamos brevemente antes, seu aplicativo de varejo deve tornar mais fácil para os clientes encontrar o que eles querem, não é difícil. Como tal, mantenha seu aplicativo simples e intuitivo.

 

Reduzir as interfaces desordenadas com um aplicativo lindamente simplificado proporcionará uma melhor experiência para os compradores, o que leva a mais conversões. O app do Himarket, por exemplo, teve acompanhamento de 8 meses, desde o início, até a concepção de todas as telas. Não subestime a importância da navegação.

 

7) Entenda que o mobile deve basear-se em relacionamentos com clientes

Coloque o cliente em primeiro lugar, e o sucesso seguirá. Parte dessa máxima inclui a construção de relacionamentos de qualidade com o cliente. O celular de um cliente é mais do que apenas um telefone. É uma peça permanente de sua vida cotidiana. Aproveite o tempo para aprender as preferências dos consumidores e valorizá-las. Ouça, observe e lembre-se do que os compradores querem ver da sua marca por meio de análise de dados. Fornecer suporte ao cliente de qualidade dentro do aplicativo, por exemplo, é uma maneira de mostrar aos clientes que sua lealdade é avaliada.

 

8) Comece pequeno.

Marcas que são excessivamente ambiciosas com os objetivos de desenvolvimento de aplicativos podem acabar prejudicando-se.

É muito melhor definir alvos alcançáveis, ao invés de jogar cada recurso em um aplicativo e ver o que funciona. Com toda a probabilidade, o aplicativo acabará por confundir ou mesmo irritar o comprador. Concentre-se em “uma coisa” que irá adicionar imenso valor à experiência do comprador, e construir a partir daí. Preste atenção na curva de aprendizado do seu consumidor com seu app – até mesmo no marketing. Se seu aplicativo faz três mil coisas, como você vai promovê-lo? Faça X, faça Y e também faça Z? Pouco atrativo. Apps que prometem o mundo acabam despertando pouco interesse das pessoas pela descrença que vai cumprir todas as tarefas com excelência.

 

9) Faça todo o conteúdo do aplicativo de varejo amigável ao cliente

Nunca trate o celular como uma solução de copiar e colar. Seus sites mobile e desktop não devem ser o modelo para um aplicativo para dispositivos móveis. Aplicativos de qualidade merecem soluções que são construídas desde o início e pensadas para um propósito específico. Até mesmo a Amazon

 

10) Sempre se concentrem no horizonte.

Finalmente, os varejistas devem sempre ter em mente o futuro. A estratégia mobile é apenas um braço da operação de um varejista em muitos casos. Assim, você tem que garantir que as operações internas suportem um aplicativo móvel. O melhor aplicativo do mundo não pode compensar uma experiência de compras na loja ou uma marca sem tato com o cliente. Como tal, nunca perca de vista toda a operação de varejo, mesmo durante o desenvolvimento do aplicativo. O app vai só refletir como você tem levado suas operações até hoje.


Vamos criar seu aplicativo de varejo?

Nossa preocupação no Himarket é usar todo nosso conhecimento de anos trabalhando em varejo e tecnologia para criar uma ótima experiência, tanto para o consumidor, mas para você, varejista, na hora de colocar seu aplicativo no ar.

Se você quiser marcar uma conversa conosco, não hesite em entrar em contato.

Agende agora uma reunião.

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Um comentário em “10 dicas para quando você for criar seu aplicativo de varejo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SE DESEJAR, DEIXE UMA RESPOSTA PELO FACEBOOK